id A clonagem: ideias rápidas sobre a clonagem. O que é a clonagem? Tipos de clonagem. Aspectos éticos.
A CLONAGEM
  • A. O que é a clonagem?
  • B. Ética da clonagem.
A. O QUE É A CLONAGEM?

1. O que é a clonagem? Pode dizer-se que clonagem é a produção de um individuo basicamente igual a outro mediante técnicas genéticas não sexuais.

2. Tipos de clonagem.- Há duas técnicas muito diferentes:

  • Clonagem por excisão embrionária. - É um processo similar ao que se produz quando nascem gémeos. Quando o embrião tem 4 ou 8 células, cada uma delas é totipotente e se se separa das restante e pode originar um gémeo do outro. A separação artificial chama-se cisão gemela, embryo-splitting, ou clonagem por cisão.
  • Clonagem por transplante nuclear. - Toma-se um óvulo ou embrião unicelular e extrai-se o núcleo; toma-se uma célula adulta e se funde com a anterior; o resultado é uma célula com o núcleo e cromossomas da adulta, envolta num citoplasma de uma célula totipotente. Esta nova célula é também totipotente e desenvolve um novo ser, quase idêntico ao adulto inicial. Quase, pois também o citoplasma influi no resultado.
3. O que é a clonagem humana terapêutica? Chama-se terapêutica a uma clonagem por transplante nuclear que procura curar uma doença. A ideia é criar um clone, tomar dele o que se necessite e matá-lo. Veja-se o final do tema células mãe.

B. ÉTICA DA CLONAGEM

1. É correcto realizar tudo o que a ciência permita? Não, não. O que seja possível, não significa que seja bom. Por exemplo, a tecnologia permite que um terrorista assassine a grande distância do local ou que uso bombas de destruição maciça. Mas não é correcto fazê-lo.

2. Que dificuldades éticas coloca a clonagem humana? A clonagem danifica seriamente a dignidade humana em vários aspectos:

  • Um cientista decide que património genético vai ter um ser humano e ninguém deseja que o manipulem tão profundamente.
  • O clone seria uma cópia de um original. A sua dignidade é menor. Pode falar-se de cópia defeituosa conforme se pareça com o original.
  • O clone não é fruto do amor humano conjugal, mas sim produto de uma fabricação. O clone é utilizado para satisfazer desejos alheios.
  • As relações familiares alteram-se. Por exemplo, uma mulher poderia ser gémea da sua mãe e não necessitar de pai.
  • A mulher perde valor na sua maternidade e passa a ser um útero de aluguer ou prestadora de óvulos.
3. Mais dificuldades éticas da clonagem na actualidade.- Hoje em dia, a técnica da clonagem não está aperfeiçoada e origina graves problemas:
  • Para fabricar um clone, experimenta-se com muitos embriões humanos que morrem. Por exemplo, na obtenção da famosa ovelha Dolly perderam-se 276 embriões de ovelha, sem contar com os embriões dos ensaios prévios.
  • Há um risco elevado de produzir um ser defeituoso, como se comprovou nos resultados como animais (Dolly morreu em pouco tempo).
id