id O escapulário: ideias rápidas sobre o escapulário do Carmo. Benefícios e condições. Historia do escapulário. Privilégio sabatino. Imposição do escapulário.
O ESCAPULÁRIO DO CARMO
  • A. História e privilégios.
  • B. Condições.
  • C. Bênção e imposição do escapulário.
A. HISTORIA E PRIVILÉGIOS

1. Promessa de salvação.
. . . . (Quem morrer com o escapulário, salvar-se-á) . . . .
São Simão Stock foi o sexto superior geral da Ordem religiosa Carmelita durante os anos de 1245-1265. Face a sérias dificuldades da Ordem, São Simão suplica diariamente a protecção de Maria. A sua oração foi escutada e "apareceu-lhe a Bem Aventurada Virgem, acompanhada de uma multidão de anjos, levando nas suas benditas mãos o escapulário da ordem e disse estas palavras: Este privilégio será para ti e todos os carmelitas; quem morrer com ele, não padecerá o fogo eterno, isto é, aquele que com ele morrer salvar-se-á." (Catálogo de Santos da Ordem).

Outra redacção também muito antiga diz assim: "São Simão, inglês, homem de grande santidade e devoção, na sua oração suplicava continuamente à Virgem que favorecesse a sua Ordem com algum privilégio singular. A Virgem apareceu-lhe tendo na sua mão o escapulário dizendo: Este é o privilégio para ti e para os teus; quem morrer levando o, será salvo" (Santoral de Bruxelas). Isto é, evitará o inferno. Irá para o céu depois de uma passagem pelo purgatório.

A data e lugar da aparição não se conhecem com segurança. Fala-se de Londres, a 16 de Julho de 1251. Mas terá sido dentro do período em que São Simão foi Geral da Ordem e antes de 1252, uma vez que a 13 de Janeiro deste ano, o papa Inocêncio IV emite a Bula "Ex parte dilectorum" onde defende os carmelitas neste tema.

2. Privilegio sabatino.
. . . . (E se livrará do purgatório no primeiro sábado) . . . .
Sessenta e dois anos depois (1314), Nossa Senhora apareceu ao Papa João XXII, que recolheu as suas palavras na Bula "Sacratissimo uti culmine" também chamada Bula sabatina (3.III.1322): "Se entre os religiosos ou confrades desta ordem houvesse alguns que ao morrer tenham que purgar os seus pecados na prisão do purgatório, eu, que sou a Mãe da misericórdia, descerei ao purgatório no primeiro sábado depois da sua morte, e o livrarei para o conduzir ao Monte Santo da Vida Eterna ".

3. Indulgências plenárias.- Aqueles que usam o escapulário do Carmo, unem-se à família carmelita e podem ganhar indulgência plenária no dia em que o impõem e nos seguintes dias:

  • 16 de Maio (São Simão Stock).
  • 16 de Julho (Nossa Senhora do Carmo).
    20 de Julho (Santo Elias Profeta).
  • 1 de Outubro (Santa Teresa de Lisieux o Teresinha do Menino Jesus).
    15 de Outubro (Santa Teresa de Jesus o Teresa de Ávila)
  • 14 de Novembro (Todos os Santos Carmelitas).
  • 14 de Dezembro (São João da Cruz).
B. CONDIÇÕES

1. Para a promessa de salvação. É necessário:

  • Ter imposto o escapulário. (Basta fazê-lo apenas uma só vez).
  • Usá-lo colocado. Pode substituir-se por uma medalha. (Veja-se comentário em baixo). Tanto a medalha como o escapulário devem estar benzidos.
  • Devoção a Maria; procurar imitá-la; desejar ser bons filhos seus. O escapulário tem dois pedaços de tecido que simbolizam uma veste. E quem veste o hábito de Maria deve viver como Ela, exercitando as virtudes cristãs. De modo que o hábito-traje vá unido ao hábito-virtude.

2. Para o privilégio sabatino. Precisa-se, além do anterior:

  • Guardar a castidade própria de seu estado. (A confissão recupera a situação perdida).
  • Rezar o ofício breve de Nossa Senhora. Esta prática pode substituir-se pela abstinência de carne às quartas feiras e sábados. Também se mencionam outras possíveis substituições: a recitação do ofício divino ou do Rosário. Alguns dizem, inclusivamente, que bastariam cinco ou três Ave-Maria, mas tal não é claro. (Agradecerei informação: ijuez@ideasrapidas.org).

3. Para as indulgências. Necessitam-se dos requisitos próprios das indulgências, mais as condições do escapulário na promessa de salvação.

4. A medalha.- São Pio X (Santo Oficio, 16.XII.1910) decretou que o escapulário, depois da sua imposição, pode substituir-se por uma medalha de metal que tenha num dos lados uma imagem do Sagrado Coração de Jesus e, no outro, uma Imagem da Santíssima Virgem (costuma ser a de nossa Senhora do Carmo).

C. BÊNÇÃO E IMPOSIÇÃO

Para a bênção e imposição do escapulário há várias fórmulas. Umas aprovadas para os diferentes ramos do Carmelo, outras de carácter mais geral. Aqui usamos a que aparece no Ritual das Bênçãos da Congregação para o Culto Divino de 7.V.1986, nn. 1394-1410. Trata-se de uma fórmula ampla que serve para vários tipos de escapulário.

1. Bênção do escapulário. O Ritual das Bênçãos inclui quatro bênçãos. Uma mais concreta (bênção e imposição do escapulário), e três mais gerais (bênção das coisas destinadas a à piedade e devoção; onde se cita expressamente o escapulário). A bênção mais breve é: "Em nome do Pai, do Filho + e do Espírito Santo". R./ Ámen. Esta bênção serve também para a medalha.

2. Imposição do escapulário.
(Os parêntesis assinalam um texto suprimido porque alude à inscrição numa confraria, que é um caso menos frequente).
- Recebe este hábito [] e comporta-te de tal maneira que com a ajuda da Santíssima Virgem, para glória da Santíssima Trindade e para o bem da Igreja e dos homens, te esforces cada dia mais em vestir-te de Cristo e fazer que a Sua vida se manifeste na tua. R./ Ámen. (Coloca-se a cada uno).
- Pela imposição deste escapulário fostes admitidos na família do Carmelo, para que possais servir com maior dedicação a Cristo e à sua Igreja []. Para que o consigais com mais perfeição, eu, com o poder que me foi concedido, vos admito à participação de todos os bens espirituais desta família. (Asperge-os com água benta).
- Deus todo poderoso vos bendiga com a Sua misericórdia e vos encha da sabedoria eterna. R./ Ámen.
- Ele aumente em vós a fé e vos dê a perseverança no bem-fazer. R./ Ámen.
- Atraia a Si os vossos passos e vos mostre o caminho do amor e da paz. R./ Ámen.
- E a bênção de Deus todo poderoso, Pai, Filho + e Espírito Santo desça sobre vós. R./ Ámen.

id